CRVR PRETENDE INAUGURAR USINA BIOTÉRMICA DE GIRUÁ EM AGOSTO
03/06/2022 08:26 em Novidades

O município de Giruá será o primeiro da região a receber o investimento com a implantação de uma Usina Biotérmica de geração de energia elétrica, a partir do aproveitamento do biogás metano, produzido por um aterro sanitário.

O empreendimento de mais de 07 milhões de reais, está sendo efetivado pela Companhia Riograndense de Valorização de Resíduos (CRVR), que opera o Aterro Sanitário Regional, com a destinação correta dos resíduos sólidos urbanos de Giruá e mais 54 municípios gaúchos.

Falando para a Giruá102.9, o superintendente técnico da companhia, engenheiro Rafael Salamoni, revelou que o motor gerador da chamada energia verde sustentável, está sendo importado da Áustria, com a capacidade de gerar 01 megawatts/hora de energia elétrica.

Salientou que o projeto vem sendo trabalhado há seis anos, superando todas as fases burocráticas de viabilidade técnica e econômica.

Salamoni destacou que a operacionalização da moderna usina, vai gerar empregos diretos e a comercialização da energia, contribuirá com Giruá através da arrecadação do ICMS.

Por outro lado, o superintendente da CRVR adiantou que um segundo investimento também será concretizado neste ano, através da implantação de um Célula de destinação de Resíduos Industriais, cuja planta custará mais de 03 milhões de reais, visando garantir todas as normas técnicas de segurança ambiental.

Atividades Ecológicas Educativas

O encarregado técnico da Unidade Giruá da CRVR, engenheiro Douglas Fiorin, informou que também durante a Semana do Meio Ambiente, estudantes e professores têm visitado a empresa, sendo acolhidos no auditório para encontros de explanação e conhecimento sobre o funcionamento do aterro em todas as suas etapas, desde o recebimento até a destinação correta dos resíduos. Fiorin comentou ainda o engajamento da companhia nas Ações Ambientais desta semana, com a doação de mil mudas de árvores nativas. A CRVR tem a sua unidade em Giruá na VRS-867.

Jaime Flores

Biotérmica da CRVR em Minas do Leão

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!