PRINCIPAIS CIDADES BRASILEIRAS TÊM PROTESTOS CONTRA ELEIÇÃO DE LULA, MANIFESTAÇÕES OCORREM EM ÁREAS DE QUARTÉIS
15/11/2022 20:01 em Novidades

Manifestações acontecem em inúmeras cidades brasileiras, como SP, Brasília, Rio, Curitiba, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Fortaleza, Campo Grande entre outras  

O feriado em comemoração à Proclamação da República, nesta terça-feira (15), fez com que aumentasse o número de manifestantes que protestam contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Atos que já vinham ocorrendo de forma sistemática em várias cidades se amplificaram. Foram registrados protestos em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Campo Grande, Porto Alegre, entre outras várias cidades. 

Imagens em diversas capitais do país, como no Rio de Janeiro, mostram grande concentração de pessoas, vestindo verde amarelo, apostando num discurso de fraude nas últimas eleições e fazendo críticas ao Supremo Tribunal Federal.

Em São Paulo as manifestações acontecem avenida Srg. Mario Kozel Filho, entre o prédio da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) e o CMSE (Comando Militar do Sudeste), na capital paulista

Os manifestantes ocupam o local desde a divulgação do resultado do segundo turno da eleição presidencial. O fluxo varia conforme o dia e o horário e cresceu nesta terça-feira (15), devido ao feriado. “Nação brasileira implora por socorro. SOS Forças Armadas” diz uma das faixas, enquanto se ouviam gritos de "SOS Forças Armadas”.

A manifestação em Belo Horizonte se concentra na avenida Raja Gabaglia em frente ao Comando da 4ª Região Militar do Exército, na região oeste da capital.

Por causa do número de pessoas na ato, a Polícia Militar precisou bloquear o trânsito nos dois sentidos da avenida ainda na parte da manhã. 

Mesmo com uma chuva fraca, manifestantes permaneceram no protesto em Belo Horizonte. Alguns procuraram abrigo nas marquises dos edifícios vizinhos. Por volta de 13h ainda chegavam pessoas para se unirem ao ato.

 A maioria dos que estavam presentes usavam camisas e bandeiras do Brasil. Durante o ato, além de cantar o hino nacional e o do exército, entoaram cantos como “se precisar a gente acampa, mas o ladrão não sobe a rampa”, “eu amo o Brasil” e o “supremo é o povo”.

 

 

 

Havia muita gente com faixas e cartazes pedindo apoio das forças armadas ao movimento e críticas ao Supremo Tribunal Federal.

Em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, apoiadores do presidente proptestaram em frente ao quartel-general do Comando Militar do Sul, no Centro Histórico da cidade. Essas mesmas manifestações, sempre com grande volume de participantes, ocorre em quase todas capitais do país e em suas principais cidades.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!