Medicina na Unijuí: uma conquista da comunidade regiona
01/11/2017 - 12h04 em Novidades

Medicina na Unijuí: uma conquista da comunidade regional

 

"Acreditamos no nosso projeto e na formação que iremos fazer de médicos preparados e preocupados com a saúde". Com esta afirmação, a Reitora, professora Cátia Nehring, destacou a importância para a Universidade e comunidade regional na escolha da Unijuí para a implantação do curso de medicina em Ijuí, em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira.

 

O resultado foi divulgado por volta das 23h da última segunda-feira pelo Ministério da Educação e veio para coroar a ampla mobilização realizada desde 2012 pelo Comitê Pró-Curso de Medicina em Ijuí, reunindo, além da Universidade, Prefeitura, Hospital de Caridade de Ijuí, Hospital Bom Pastor, Câmara de Vereadores e ACI e Hospital de Caridade de Panambi, com apoio de toda a comunidade regional e suas lideranças.

 

"A maior beneficiada será a nossa região, a população do Noroeste gaúcho com a conquista do curso", disse o ex-reitor Martinho Kelm, na coletiva de imprensa realizada no Centro de Eventos da Unijuí. O professor foi um dos principais articuladores da mobilização e acrescentou: “Tivemos um forte apoio de toda a comunidade regional, de outras instituições, de concorrentes que perceberam a injustiça que estava acontecendo”.

 

Próximos passos do Edital

Como todo Edital Público, este prevê dois momento de recurso, até a autorização final do MEC: previsto para 31 de janeiro. Após esta data é agendada  visita in loco, por especialistas do Ministério à Unijuí e ao município de Ijuí, avaliando infraestrutura, corpo docente e proposta pedagógica do curso. Somente após esta visita é promulgado a Portaria de Autorização do Curso, sendo possível realização do processo seletivo – Vestibular.

 

A professora Cristina Pozzobon, vice-reitora de Graduação, destacou na coletiva que serão ofertadas 50 vagas anuais para o curso, cujo vestibular ainda não tem data definida, com 20% de vagas ofertadas pelo ProUni. "O perfil do nosso profissional será técnico, mas também ético, crítico e cidadão", destacou.

 

Como o projeto do curso já foi aprovado pelo Conselho Universitário da UNIJUÍ, a Universidade está se preparando para a oferta do curso, estando garantida já toda a estrutura necessária para os dois primeiros anos de andamento do curso, de um total de seis anos. A Universidade projeta um investimento de R$ 10 milhões em infraestrutura e laboratórios para as atividades a serem desenvolvidas no terceiro e quarto anos. Para os dois últimos anos do curso, os estudantes utilizarão a estrutura do Hospital de Caridade de Ijuí, Hospital Bom Pastor e Hospital de Caridade de Panambi, com quem a UNIJUÍ possui convênio firmado.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!